quarta-feira, 14 de julho de 2010

Cara Metade

Cara Metade (Davi Salles)

Dizem que a cara metade é alguém que se ama e completa seus dias
Mas como poderia? Se até pouco tempo você nem se quer esse ser conhecia
Sobreviveu sem esse elemento até o presente momento, desse envolvimento
E agora se agarra a esse sentimento se declara dependente, que de agora em diante sua vida será um tormento sem ele tudo será diferente, e que o céu não será mais azul, que o sol perdera seu brilho, que irá sair dos trilhos e sente até nú.
Que seu mundo perdera o sentido, que sente-se mutilado sem esse amor do seu lado
Colocar nas mãos da outra parte a sua felicidade é muita responsabilidade.
É como sentenciar alguém a essa obrigação de te fazer feliz sem ter outra opção.
A sua cara metade é o outro lado da sua face, ninguém pode ser a razão da sua vida
Além dos seus objetivos e suas metas definidas, amar alguém não é sentir-se partido ao meio ter medo, receio, entrar em pânico porque naquele encontro ele não veio,
essa postura só te enfraquece e não faz bem para a relação. É uma leitura equivocada.
Acho que ninguém merece essa união de desespero obcecado pela paixão, perde a razão... mude de posição! Se coloque no lugar de quem você foca com essa visão, e verás tão logo que está na contramão, reflita sobre essa questão... quem não se ama não pode amar, quem não se basta não pode completar. Sinta-se inteiro dono do seu agir e pensar, o seu existir não se limita a necessidade de se doar e se entregar ao ponto de se dividir e se fragmentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário