segunda-feira, 9 de maio de 2011

Palavra bonita ( Davi Salles)

Mãe
Que palavra bonita
Que coisa mais bendita
Que alguém pode ter

Mãe
Nunca esquece de um filho
Cuida até com um olhar
É um elo que jamais vai se quebrar

Mãe
Não há ninguém que ame assim
Capaz de se esquecer de si
Só pra cuidar, só pra servir...
E até de um sonho desistir...
Pra te gerar, pra te nutrir, pra te educar
Fazer você sorrir

Mãe
Ninguém jamais me amou assim
Capaz de se esquecer de si
Pra me ninar
Fazer dormir
Pra me curar
Me dar o bom de ti

domingo, 8 de maio de 2011

Mães ( Davi Salles )

Eterno cuidado, pensamento ligado
É um elo selado, desde o feto formado
É zelo absurdo, um amor de outro mundo!
Um carinho profundo, de segundo a segundo
É quem te cuida com o olhar
Não se cansa de orar, proteção sem cessar
São os anjos da guarda
Operárias da maternidade
Sem remuneração e sem farda
Rainhas da doação!
Abdicam às vezes de uma paixão pela sua missão
Mãe gigante no seu coração
Desmedida sua compreensão, é eterno o seu perdão
Mãe e filho têm ligação, filho e mãe, é uma comunhão!
Sou um fruto da gestação do seu ventre abençoado
Lá fui nutrido, gerado...
Estou aqui homem formado!
Pela minha mãe educado, sou grato.
Eternamente apaixonado!