sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

medo

Seu medo



Porque foges de mim ? seu medo ao meu ver
é sem sentido
se Quando miras seu olhar ao meu , trasborda o carinho
estampado em sua face, por mais que disfarce.
Me deixa tranqüilo ,o sentimento seu é igual a esse que trago aqui comigo
Não tem quem desate , é um fato definido

Agente se encaixa ,um desejo absurdo,se juntos estamos
Esqueço o mundo ,de tudo ,e bom no principio no meio,e no fim
é gostoso., te fazer carinho, te ver de pertinho, sentir
teu perfume, teu brilho, teu lume, somente nos dois
te beijar com gosto, e você já sabe o que vem depois , mato minha saudade
te abraço bem forte , nem lembro da morte,se amor é vida
és meu bem querer , é minha querida, minha escolhida
Seu amor trás paz., calor, algo a mais ,ate me da sorte
Não vejo problema ,qual o seu dilema?, qual o seu receio

Me guarde em tem seio , me adote, no peito .em sua cabeça
No seu pensamento,a todo momento, de mim não se esqueça
Sua tez me agrada , o seu beijo seu toque ,e você minha amada ,tenha toda certeza
Não se dar conta disso , já falei baixinho.sussurrei em seu ouvido
já escrevi cantei
se preciso grito , esganiço a voz ,mando e-mail carta pelo correio
vou pichar seu muro . faço uma serenata,pra te convencer
para que acredite,se queres eu juro

Somos um em dois .somos mais não menos ,diga sim querendo
Não fique sofrendo, distante, temendo , se jogue se atire
Me ame , suspire, me admire, do jeito que eu faço
Do jeito que eu gosto, do jeito que imposto, esse meu querer

Eu já repeti, que eu quero você , estou no seu laço
Forte seu feitiço, bom o seu abraço,acredite nisso
Quando te vi a razão perdi, será que se lembra? eu não esqueci
ate musiquei cantei esse verso
Por isso te peço, esqueça esse medo, que duvida tem
Sobre o meu afeto,?
Sobre o que eu sinto. te adoro não minto . não sou rodeios .nem meias palavras
Demonstro,externo ,manifesto quando amo ou odeio
Por vezes esperei, fiz planos sonhei, te desejei e você não veio

infantil seu temor .meio adolescente , fase que já não lhe pertence
A idade da loba já,te foi conferida ,por ti atingida
Desperte, acorda pra vida, acorda pra agente
Da corda pra mim , a nossa paixão,tenha medo não
Te machucar ,nunca pensei não tenho intenção
,ou ao seu coração ,um dia ferir cravar um punhal
Ou se quer partir ,Magoar ou iludir , jamais te trai
Quero somar, .dividir .subtrair, apenas tristezas
A insegurança a incerteza ,tudo negativo o que for de ruim

Sei que te faço bem. Pois quando em meus braços, a mim faz também
Me agride sem culpa. por de mim gostar,
por me desejar, se oculta se afasta, e sublima
Desejos, vontades , o calor a saúde, que invade seu corpo seu ser
Teu sexo lindo , ate quando dormindo , me vem a lembrança
Acordo suado apaixonado e então a cobrança ,onde esta você
Porque não me liga .o que fazes agora ?e não vem me ver
Fica do meu lado, em cima,em baixo,contente sorrindo
Gemendo chorando ,tudo isso existe,tudo isso escrevo
Porque estou te amando

Nenhum comentário:

Postar um comentário