quinta-feira, 3 de março de 2011

O prazer (Davi Salles)

O prazer (Davi Salles)

Tem um campo vasto pessoal
Abrange milhões de aspectos
Desencadeando protestos, questionamentos
São raros, constantes, breves, alguns repugnantes
O prazer se configura
E está atrelado nas coisas mais simples
Por vezes em gostos sofisticados
E nos mais incríveis, o prazer está associado

Tem gente que o tem ao olhar para o céu
Ao contemplar os astros, outros degustando um bom vinho
Se afogando nos livros ou simplesmente estando sozinho

Está na busca de ter mais cultura
Ser um ser mais sábio
Também é uma forma muito prazerosa. Já os mais falantes,
Do dialogo são amantes, dos debates, da boa prosa

Tem a culinária a gastronomia, saberes, aromas, receitas
Alquimia perfeita aliada ao talento
Mas conheço quem tenha prazer até mesmo quando se deita
E desfruta do sono profundo, o prazer como diz: é um vasto mundo

O prazer do gozo, o lado mais carnal
Tem com o parceiro, o sexo oposto ou do mesmo sexo
Não se espante, hoje é tão normal, são as questões do âmbito sexual
Prazer sempre tem seus mistérios e segredos
Adultérios... temperos, manias ou fantasias
É a chave para algum desbloqueio e orgasmo assim se anuncia
Existem os mais singelos, os colecionadores de antiguidades
Movem o passado, preservando a história suas memórias
Dessa forma preenchem suas vidas, como podem ver
Tudo que se faz com paixão, deságua nesse caminho
Por amor ou às vezes por necessidade, se não for nocivo será um prazer de verdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário