quarta-feira, 23 de junho de 2010

A Fotografia e uma flor ( Davi salles )

A Fotografia e uma flor

É a lente do amor cheia de perspectivas
No seu olhar o foco da alma assim é Margarida
ágil, ligeira, profissional de primeira
exemplo de mulher brasileira.

Do seu caule brotaram mais botões, raízes fincadas na maternidade.
Percebi que pelas suas crias enche boca, vira uma leoa de verdade.
Vaidosa orgulhosa. Fica explicita a imagem de uma mãe zelosa
Presente, atenta e amorosa.

Respaldo na profissão percepção algo a mais,
O que muitos olhos não vêem
Essa outra maneira de enxergar é o diferencial para fotografar
Ama o seu ofício, respirar sem ele creio eu que seria difícil
Escancarado o seu amor por essa arte que te projetou
Sua luz ilumina o ambiente no exato segundo do seu clique perfeito
Ela emociona a gente.

Fui fotografado por uma flor
Achas que é conversa de pescador?
Nos jardins de Salvador tem rosas bromélias
A fotografia tem Margarida Neide
Essa que o poeta aqui narrou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário