quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Quando te vi

Quando te vi


Quando te vi, foi tão simples te admirar.
Sua elegância,postura e com seu cheiro. Não demorei me embriagar
Tua graça , sua , postura seu jeito de olhar
Exótica, erótica, felina, menina com poder de encantar.
E mulher. Loba me devora se você quiser. Eu te aceito abro os braços e meu poros pata te tragar te receber
Queria suas garras em meu corpo agora a me arranhar
Feitiço gostoso . não esqueço seu rosto e agora ?
Eu fico a te desejar
foi assim, assim foi, e assim será
O meu pensamento parou , inerte diante de sua beleza
Que me perturbou
Parece uma alteza .do reino dos súditos enfeitiçados
Todos aos seus pés de joelhos prostrados ,clamando, e desejando o seu beijo
O seu corpo que mais parece ter sido desenhado

Estar ao seu lado .é mais que uma tortura .
Usar de controle , e não me render a sua formosura
É um ato de bravura
Uma forte atração brigando com razão
Ávido e louco engasgo transpiro engasgo as palavras
Engulo a saliva ,degusto seu perfume
Morrendo de ciúmes de quem te conhece
A noite na cama , na intimidade e te merece
Queria assassinar essa minha curiosidade e satisfazer essa vontade
Moça você me leva a loucura tira minha sanidade
Te abraçarei um dia, que agonia sentir o seu peito
Coladinho no meu , tuas mãos macias tua voz vicia
Sinto falta dela , e de tudo que é seu , depois daquele bem dito dia
sonhei te amando , nossas línguas se procurando
Nossas bocas se encontrando o seu mel me saciando

E ate parece que já te conheço , de tempos atrás
Quando te vi me perdi , te achei por ti me encantei e muito mais
Um sonho musiquei ,pra te oferecer
Pra você saber que habita em mim , uma fome aguda
Uma idéia fixa .que se movimenta
E sempre se apresenta . ela me atormenta é forte violenta
Sei que percebeu que me desconcerta ,
Que eu perco o tino , meu juízo escapa
Quando , diz alo abre então um mundo. quando me abraça
Se é pecado ou não , nem quero saber
É maior que eu . é quem mandou o destino me trazer você
Me dar esse prazer se estou vivo então eu quero é viver quero ter você

Nenhum comentário:

Postar um comentário